Google+ (Google Plus)

Ajude a divulgar o MyTraceLog clicando no botão +1.

12 de julho de 2011

Criando o sqlnet.ora com o NETCA no Oracle 11g R2

O arquivo sqlnet.ora é o arquivo texto responsável por definir os métodos de nomeação do Oracle. Neste artigo será apresentado o NETCA (Network Configuration Assistant) que é um assistente de configuração em modo gráfico que gera o arquivo sqlnet.ora. Como ambiente, foi utilizado o Oracle 11g R2 x86_64 no CentOS 5.6 x86_64.

O sqlnet.ora fica localizado em $ORACLE_HOME/network/admin, neste diretório também se encontra o tnsnames.ora e listener.ora. Esses três arquivos que definem a configuração de rede do Oracle.

Além de definir os métodos de nomeação, o sqlnet.ora habilita traces, logs e outros recursos avançados de segurança.

Para gerar o sqlnet.ora pelo NETCA, siga os passos:
  1. Inicie o NETCA
  2. [oracle@mytracelog ~]$ netca
    
  3. Selecione Configuração dos Métodos de Nomeação.
  4. sqlnet01.png
  5. Escolha Nomeação Local e Nomeação de Conexão Fácil.
  6. sqlnet02.png
  7. Pronto, click em Próximo e o arquivo sqlnet.ora será gerado.
  8. sqlnet03.png
Para verificar o conteúdo do sqlnet.ora:
[oracle@mytracelog ~]$ vi $ORACLE_HOME/network/admin/sqlnet.ora
Arquivo sqlnet.ora:
# sqlnet.ora Network Configuration File: /u01/app/oracle/product/11.2.0/db_1/network/admin/sqlnet.ora
# Generated by Oracle configuration tools.

NAMES.DIRECTORY_PATH= (TNSNAMES, EZCONNECT)

ADR_BASE = /u01/app/oracle




O método de Nomeação Local é o famoso TNSNAMES, e o método de Nomeação de Conexão Fácil é o EZCONNECT. É importante a ordem de escolha no passo 3, é essa ordem que será usada para gerar o NAMES.DIRECTORY_PATH no sqlnet.ora. O Oracle neste caso, irá usar o método TNSNAMES primeiro, caso não consiga resolver, irá usar o EZCONNECT. A ordem é da esquerda pra direita.

Como foi visto o NETCA configura apenas os métodos de nomeação. Não oferecendo opção de habilitar traces, logs e outros recursos avançados de segurança. Para esses outros recursos é necessário a configuração manualmente utilizando qualquer editor de texto. No diretório $ORACLE_HOME/network/admin/sample/ existe o arquivo sqlnet.ora que é um exemplo comentado com as sintaxe e opções disponíveis.

Gostou do artigo? Ajude a divulgá-lo clicando no botão +1

2 comentários:

  1. Sakamoto,

    Parabéns pelo blog, conteúdo diversificado e bem didático. Isso ae rapaz!

    Abraços,
    Rodrigo Almeida

    ResponderExcluir
  2. Olá Rodrigo !

    Fico feliz pela sua visita, sinal que o blog está crescendo, e está sendo bem divulgado.

    Att,

    Sakamoto

    MyTraceLog - Registro de um DBA
    http://mytracelog.blogspot.com

    ResponderExcluir

Gostou do artigo ? Então comente...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

FeedBurner

DiHITT

BlogToplist

 
Voltar ao Topo